Entidades científicas desaprovam PL 529/2020, que afeta negativamente USP, Unicamp e Unesp

O Confap publicou uma nota manifestando preocupação em relação ao PL 529/2020, que transfere os saldos líquidos financeiros de determinado exercício das autarquias e fundações públicas para a Conta Única do Tesouro Estadual. Esse projeto afeta o planejamento e funcionamento das maiores instituições públicas de ensino, como USP, Unicamp e Unesp. Na nota, direcionada à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o presidente da Confap, Fábio Guedes, destacou o impacto que o projeto causará no desenvolvimento científico e tecnológico paulistas com efeitos negativos sobre o restante do país. A nota pode ser acessada pelo link: https://confap.org.br/news/carta-do-confap-para-a-assembleia-legislativa-do-estado-de-sao-paulo-alesp-sobre-a-pl-529-2020/. (Fonte: Confap)


Além do Confap, a ABC, a SBPC e a Andifes também encaminharam carta ao governador do Estado de São Paulo e a todos os deputados da Assembleia Legislativa do Estado de SP. A reunião do Comitê Executivo da ICTP.br aprovou por unanimidade o envio de carta com igual teor ao governador João Doria e aos deputados da Alesp.


As matrículas para os WebMinicursos da 72a Reunião Anual da SBPC estão abertas até 28 de agosto. O evento, que acontecerá entre os dias 31 deste mês e 8 de setembro, contará com três vídeo-aulas a serem disponibilizadas para o público. Além delas, haverá também uma vídeo-aula ao vivo, com data a ser definida entre 9 e 11 de setembro. (Fonte: SBPC)


Nesta semana, os presidentes da ABC e SBPC participaram junto à Comissão Mista do governo, destinada a acompanhar a situação da pandemia, de uma audiência pública para discutir os investimentos em pesquisa científica para o enfrentamento da Covid-19. Durante o evento, o presidente da SBPC, Ildeu de Castro Moreira, ressaltou que os investimentos liberados pelo governo estão aquém do necessário para o enfrentamento da crise sanitária. A audiência pode ser vista na íntegra pelo link:  https://www.youtube.com/watch?v=splJnSIoe8I. (Fonte: SBPC)


O Ministério da Educação divulgou, esta semana, a solução encontrada para viabilizar o fornecimento de internet aos alunos do Ensino Superior e da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que estão em situação de vulnerabilidade. A iniciativa tem o apoio do MCTI e será coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. O projeto beneficiará alunos distribuídos em 797 municípios com campi de universidades e institutos federais, e terá um investimento de R$ 24 milhões. (Fonte: Conif)


O Grand Challenges Explorations, que tem a parceria do MEC, CNPq, Fundação Bill & Melinda Gates e Confap, foi lançado esta semana para projetos exclusivamente brasileiros. A chamada vai financiar propostas inovadoras de até R$ 550 mil com o tema “Ciência de dados para melhorar a saúde materno-infantil, saúde da mulher e da criança no Brasil”. Ainda, propostas que considerem os impactos da pandemia de Covid-19 na saúde dessa população também serão encorajadas pela chamada. Para mais informações, acesse o link: http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&idDivulgacao=9902. (Fonte: Confap)


Durante o 1o Webinário MCTI de Fundos Endowments, que teve a participação do ministro do MCTI, Marcos Pontes, o presidente do Confies, Fernando Peregrino, ressaltou a importância de incentivos fiscais aos fundos patrimoniais para o estímulo de doações privadas. (Fonte: Confies)


A renomada revista Nature publicou uma matéria sobre a luta pela Ciência no Brasil. No artigo, o jornalista Jeff Tollefson relatou a votação unânime dos senadores pela liberação dos recursos do FNDCT ocorrida na semana passada. No seu depoimento ao jornalista, o presidente da ABC, Luiz Davidovich, descreveu a unanimidade na votação, pelo Senado Federal, como algo incrível para a Ciência brasileira. O artigo da revista Nature pode ser encontrado no link: https://www.nature.com/articles/d41586-020-02433-y. (Fonte: ABC)


A vice-presidente da ABC, Helena Nader, fará parte do comitê organizador do Seminário Internacional sobre a Covid-19 na Nicarágua. O evento tem como objetivo discutir a crise gerada pela pandemia na Nicarágua e propor políticas públicas frente aos desafios do país. (Fonte: ABC)


Ecossistemas de inovação será o tema de debate do diretor da Coppe/UFRJ, Romildo Toledo, no Hacking Rio Talks. O evento, que é considerado o maior festival de cultura digital e Hackathon da América Latina, terá como tema principal “Humanicity”, em que serão abordados assuntos como Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo. Além disso, serão discutidas soluções para o combate à pandemia da Covid-19 e o cenário atual da Nova Economia. (Fonte: ABC)


Esta semana iniciou-se o Plano Nacional para a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, com o 1o Webinário nacional, cujo tema foi “Onde estamos?”. Uma série de eventos colaborativos foram organizados com o objetivo de planejar ações a favor do ecossistema marinho-costeiro a serem executadas no período de 2021 a 2030. Com o apoio do MCTI, os eventos fazem parte da Década da Ciência Oceânica, proposta da Organização das Nações Unidas (ONU), que visa conscientizar a população global sobre a saúde e sustentabilidade dos mares. (Fonte: MCTI) A Capes alterou de três para seis meses o prazo máximo para prorrogação de suas bolsas ativas de Mestrado e Doutorado no país. O novo prazo pretende assegurar a continuidade das pesquisas afetadas pela pandemia de Covid-19. (Fonte: Capes)

Notícias Recomendadas